Pages

 

01 julho 2008

Exercícios Capitalismo

6 comentários


01- (Uel) Leia os textos a seguir.

“Estando com apenas quatorze anos, em Paris, onde nasci, eu
já tinha visto o surgimento do telefone, do aeroplano, do
automóvel, da eletricidade doméstica, do fonógrafo, do cinema,
do rádio, dos elevadores, dos refrigeradores, do raio-x, da
radioatividade e, ademais, da moderna anestesia.”
(Raymond Loewy apud SEVCENKO, Nicolau. História da vida privada no
1Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1998. v. 3, p. 10.)

“[...] A economia capitalista era, e só podia ser, mundial. Esta
feição global acentuou-se continuamente no decorrer do século
XIX, à medida que estendia suas operações a partes cada vez
mais remotas do planeta e transformava todas as regiões cada
vez mais profundamente. Ademais, essa economia não
reconhecia fronteiras, pois funcionava melhor quando nada
interferia no livre movimento dos fatores de produção.”
(HOBSBAWM, Eric. A era dos impérios. 3 ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra,
1988. p. 66.)

Comparando os diferentes olhares, do narrador Raymond Loewy
e do historiador Eric Hobsbawm, é correto afirmar:
a) Na condição de testemunha das transformações tecnológicas,
o narrador acentua o seu caráter inovador, enquanto o
historiador enfatiza o caráter expansionista e internacionalista do
capitalismo.
b) As citações revelam a preocupação dos autores com os
impactos maléficos das indústrias químicas, com o
desenvolvimento da medicina e com o controle da natalidade e
das moléstias.
c) O olhar do narrador é determinado pelo distanciamento em
relação às mudanças, enquanto o historiador percebe as
transformações ao seu redor de forma mocional e alheia aos
desdobramentos econômicos, políticos e sociais.
d) Para ambos, o progresso decorrente das transformações
tecnológicas iguala as economias mundiais e preserva o modo
de vida das sociedades tradicionais.
e) Para o historiador, as transformações tecnológicas
representam uma barreira ao fortalecimento da economia
capitalista, enquanto para o narrador, contribuem para manter
inalteradas as formas de intimidade e lazer.

02- (UFC) A Primeira Revolução Industrial provocou uma grande
transformação no espaço geográfico. A esse respeito, leia as
afirmações abaixo.

I. Aconteceu um intenso processo de urbanização, e as cidades
passaram a comandar as atividades econômicas e a
organização do espaço geográfico.
II. Com a ampliação da divisão internacional do trabalho, alguns
países europeus especializaram-se na produção industrial,
controlando o mercado mundial de produtos industrializados.
III. Aconteceram grandes mudanças no modo de produção, sem
implicações na organização política e territorial da Europa.
Assinale a alternativa correta.

(a) Apenas I é verdadeira.
(b) Apenas III é verdadeira.
(c) Apenas I e II são verdadeiras.
(d) Apenas II e III são verdadeiras.
(e) I, II e III são verdadeiras.

03- O mercado consumidor interno que teve momentos de
grande crescimento no passado, tem crescido lentamente na
atualidade. Observe a charge para responder à questão.


a) A crise socioeconômica provocada pela robotização afeta,
principalmente, os países ricos, mas tem se aproximado do
Brasil, provocando redução do consumo de supérfluos.
b) Embora tardiamente, o Brasil tem procurado imitar os Tigres
Asiáticos tanto no sentido de modernizar a produção como na
criação de uma poupança interna às custas do mercado de
consumo.
c) A necessidade de aumentar a produtividade e a
competitividade diminui os postos de trabalho, gerando
desemprego e redução do poder de compra.
d) A preferência das grandes corporações por novas áreas
industriais tem levado ao fechamento de inúmeras empresas
que partem para países onde a robotização já é uma realidade.
e) Apesar do atraso, o Brasil começa a fazer parte do processo
de modernização industrial, o que tem aumentado o
aparecimento do mercado informal de trabalho, principal
alavanca do mercado consumidor.

04- (PUC RS) Responder à questão considere o desenho e as
afirmativas.

I. O desenho representa a entrada acentuada de multinacionais
em países pobres, com conseqüente diminuição da
arrecadação, extinção do desemprego e elevação do PIB per
capita desses países.
II. A representação compreende um dos processos marcantes
da globalização: empresas cada vez mais competentes
tecnologicamente, buscando mercados consumidores.
III. O desenho apresenta evidências da Terceira Revolução
Industrial, que teve como foco a investida de multinacionais no
mundo através de transformações técnico-científicas.
IV. O desenho manifesta o caráter sócio-econômico atribuído
aos países periféricos a partir da entrada de multinacionais que
exercem práticas exploratórias, como a utilização de mão-deobra
barata.
Pela análise das afirmativas, conclui-se que somente estão
corretas
a) I e II
b) I e III
c) I, II e IV
d) II, III e IV
e) III e IV


05- No momento atual, uma das mais famosas marcas de tênis
do mundo, que vende alguns dos seus disputados modelos por
US$ 140, utiliza empresas de países distantes para fabricar
seus produtos. É o caso do Paquistão e da Indonésia. No
Paquistão, crianças com 6 anos de idade fabricam bolas de
futebol, ganhando US$ 0,14 por hora. Na Indonésia, mais de um
terço dos produtos desasa empresa são fabricados e os
trabalhadores ganham US$ 2,20 por dia.
Essa imensa rede mundial de produção vinculada ao custo da
força de trabalho reflete:

a) A dinâmica neoliberal no chamado Terceiro Mundo, que
direciona os investimentos para as pequenas e médias
empresas visando a estimular a competitividade e a redução do
subemprego, com a transformação de trabalhadores autônomo sem
trabalhadores assalariados, que podem assim usufruir da legislação
trabalhista.
b) O processo de deslocamento das bases produtivas das
empresas transnacionais para países periféricos, graças às
novas tecnologias de transporte e informação, e à terceirização
da economia, com a subcontratação de empresas menores, o
que isenta as grandes corporações de responsabilidades
trabalhistas.
c) A facilidade dos transportes no mundo contemporâneo e o
barateamento da mão-de-obra, que pode ser paga por hora e
com contratos temporários, o que agiliza a rotatividade dos
trabalhadores e faz com que as empresas dos países centrais
possam modernizar o setor terciário dos países periféricos.
d) A força das grandes corporações em seus acordos com os
governos nacionais do "Terceiro Mundo", onde empresas ilegais
podem ser contratadas com a proteção do Estado e a
cumplicidade das máfias locais, permitindo, em contrapartida, a
"lavagem" do dinheiro "sujo" através de agentes financeiros das
empresas transnacionais.
e) A função dos países periféricos como fornecedores de mãode-
obra não qualificada e de serviços, num processo conhecido
como terceirização da economia, que reforça o setor terciário e
submete a maior parte da população ao jogo dos interesses do
Estado.



6 comentários:

Cláudia disse...

Parabéns adorei as questões

Anônimo disse...

Vocês tem o gabarito dessas questões?

Anônimo disse...

Eu gostaria se tivesse gabarito ¬¬

Alexa Barbosa disse...

Também queria o gabarito' ^^

Edson Barroso disse...

o gabarito se encontra na pagina do modulo dois .... no final

Anônimo disse...

muito boa as questoes

Postar um comentário