Médico brasileiro é referência em neurocirurgia nos EUA

Guilherme Dabus concluiu a especialização em Chicago e no General Hospital/Harvard School, em Boston (MA)
Filho de médico, Guilherme Dabus, de 38 anos, soube que seguiria a profissão do pai ainda na adolescência. Após concluir a residência no Brasil, ele conquistou uma vaga para especialização em Chicago, no General Hospital/Harvard School, em Boston (MA) e, posteriormente, foi convidado para assumir a diretoria do Centro de Neurociência do Baptist Hospital, em Miami (FL). Atualmente, Guilherme é considerado um dos maiores especialistas em neurocirurgia endovascular no estado, onde reside com a família. As informações são do jornal Achei USA.
“Eu sempre tive muito contato com a medicina desde criança através do meu pai que também é médico. Eu me lembro muito bem que muitas vezes ele me levava junto com ele para o hospital ou outras vezes minha mãe nos levava para visitá-lo quando ele estava de plantão”, disse ele ao Achei.
A decisão final ocorreu entre os 15 e 16 anos, pois até então Dabus pensava em cursar Engenharia Aeronáutica, entretanto, a atração pela Medicina foi mais forte.
O médico brasileiro é especialista em aneurismas cerebrais e utiliza técnicas endovasculares minimamente invasivas, o que é menos traumático para os pacientes. Apesar do status, Guilherme frisou que a maior recompensa da profissão é a gratidão demonstrada pelos pacientes e seus familiares. Ciente de sua responsabilidade, ele detalhou que durante congressos e encontros científicos, costuma citar o célebre filósofo grego Aristóteles: “Nós somos o que fazemos repetidamente; a excelência, portanto, não é um ato, mas um hábito”.
Apesar de ter concluído  os estudos nos EUA, Guilherme ainda mantém o “estilo brasileiro” quando lida com seus pacientes, especialmente aqueles naturais da América Latina. Ciente das diferenças culturais, ele observa que, após uma cirurgia de um norte-americano, geralmente há no máximo três pessoas esperando enquanto que, no caso de latinos, muitas vezes há a presença da família inteira. Essa diferença cultural exige dos profissionais flexibilidade no momento de lidar com os pacientes.
. Cuidado e prevenção:
Um aneurisma é uma área frágil na parede de um vaso sanguíneo que faz com que o vaso forme uma protuberância ou aumente de tamanho. Quando o aneurisma ocorre em um vaso sanguíneo do cérebro, ele é denominado de aneurisma cerebral. Cerca de 5% da população têm algum tipo de aneurisma cerebral, mas apenas um pequeno número desses aneurismas causam sintomas, normalmente decorrentes de seu crescimento e/ou ruptura. Os aneurismas no cérebro surgem quando há uma região enfraquecida na parede de um vaso sanguíneo. Um aneurisma pode estar presente desde o nascimento (congênito) ou pode se desenvolver mais tarde, como depois que um vaso sanguíneo é lesionado.
Vários fatores podem contribuir para o enfraquecimento de uma parede arterial e, assim, aumentar o risco de aneurisma cerebral: Adultos são mais propensos a ter um aneurisma cerebral do que uma criança; mulheres são mais propensas a adquirir a doença do que homens; fumo; hipertensão, aterosclerose; uso de drogas, especialmente cocaína; ferimento na cabeça; consumo excessivo de álcool; infecções sanguíneas específicas e em mulheres, níveis inferiores de estrogênio após a menopausa.
COMPARTILHAR:

+1

0 Response to "Médico brasileiro é referência em neurocirurgia nos EUA"

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

Projeto Calouro Indica